terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Goiaba Rock Festival 12 Anos



O Goiaba Rock Festival está chegando, serão 100 apresentações em 04 dias. Muita música e uma programação bem diversificada, Rock, Instrumental, Clássico, Eletrônico. Este vai ser o ritmo da edição 12 do festival, que acontece nos dias 13, 14, 15 e 16 de abril de 2017. A programação oficial traz uma maratona de shows, que vão acontecer na Praça Belarmino Essado, Praça Santana, Praça do Estudante e na Casa Criativa Goiaba Rock Clube. A seleção das bandas / artistas serão feitas através de inscrição no site do festival - www.goiabarock.com.br - entre os dias 01 a 15 de março de 2017. O Goiaba Rock Festival visa valorizar e reconhecer os talentos musicais em nível regional, nacional e internacional e contemplar os mais diversos gêneros e estilos musicais, valorizando e potencializando os novos talentos, dando-lhes visibilidade e assim estimulando a criação e difusão da música autoral. O Goiaba Rock Festival é uma realização do Automóvel Clube de Inhumas, com apoio institucional do Fundo de Arte e Cultura de Goiás, SEDUCE-Secretaria de Educação, Cultura e Esporte e Goiás Estado Inovador.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Goiaba Rock Festival 2013

O Goiaba Rock Festival chega em sua nona edição com uma programação Clássica e Rock.
Além da cidade de Inhumas, o Goiaba Rock Festival será realizado na vizinha Goianira, com a realização de um workshop e show acústico com o grupo Immortal Guardian, atração internacional do festival.

Neste ano uma novidade será a realização do Goiaba Rock Clássico, um concerto em praça pública com a participação de Robervaldo Linhares – piano e Andréa Luísa Teixeira – flauta e piano (Participação especial), interpretando composições de Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Zequinha de Abreu, Eduardo Souto, Aurélio Cavalcanti, Sinhô, Cardoso de Menezes, Giovani d'Alice, Scott Joplin, dentre outros.
No dia internacional do Rock, 13 de julho, 07 shows com as bandas Revolted e Behind The Horror, de Anápolis. HAS Band de Porangatu. Dyatryb, Jade e Berseks de Goiânia. E atração internacional do festival Immortal Guardian – EUA.

Confira a programação:

Dia 10/07/13 - Goianira
Workshop + Acústico Immortal Guardian
Local: Centro de Convenções Durval de Assis Pereira
Av. Goiás, s/n. Setor Central. Goianira-Go. CEP 75370-000

Dia 11/07/13 - Inhumas
Goiaba Rock Clássico
Apresentação  de Andrea Teixeira e Robervaldo Linhares
Local: Praça Matriz de Santana, s/n, St. Central. Inhumas-Go. CEP 75400-000

Dia 13/07/13 - Inhumas
Goiaba Rock Festival
Valendo como seletiva do festival Anápolis Metal
Local: Ginásio de Esportes Firmo Luiz, s/n. Bairro Anhanguera. Inhumas-Go. CEP:75400-000
Início: 16 h

23:00 - Immortal Guardian - EUA
22:00 - Berseks - Goiânia
21:00 - JADE - Goiânia
20:00 - Dyatryb - Goiânia
19:00 - HAS Band - Porangantu
18:00 - Behind The Horror - Anápolis
17:00 - Revolted - Anápolis

Veja um pequeno resumo das principais atrações do festival:

Goiaba Rock Clássico

A Belle Époque Dos Pianeiros

Robervaldo Linhares – piano
Andréa Luísa Teixeira – flauta e piano (Participação especial)
Dia 11 de julho de 2013, às 20h30
Praça da Matriz de Santana - Inhumas - Goiás

O piano desempenhava um papel social tão importante que era simplesmente impossível imaginar, no início do século XX, alguma festa sem o som que brotava das teclas pretas e brancas. O profissional que embalava essas alegres reuniões ficou conhecido como pianeiro, visto que não era o pianista clássico que atuava em concertos. Diversos eram os espaços em que este músico profissional trabalhava: casas de chá, bailes dançantes, salas de cinema mudo, gafieiras, boates, programas de auditórios de rádio, etc. Conhecer o som dos pianeiros é ter a possibilidade de sentir e viver as alegres músicas de um tempo rico, cheio de otimismo e refinada melancolia: características de uma impressionante belle époque musical.

Para reviver este tempo incrível, teremos o piano de Robervaldo Linhares, artista premiado nos concursos mais importantes do país e do exterior, com a honrosa participação da célebre pianista e flautista Andréa Luísa Teixeira, cuja carreira internacional se desenvolve a passos largos, interpretando composições de Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Zequinha de Abreu, Eduardo Souto, Aurélio Cavalcanti, Sinhô, Cardoso de Menezes, Giovani d'Alice, Scott Joplin, dentre outros.


Immortal Guardian



A História do Immortal Guardian… E o próximo capítulo na história do Heavy Metal:

Inicialmente formado em 2008, pelos fundadores da banda, Gabriel Guardian (Guitarra/Teclado), e Cody Gilliland (Bateria), Immortal guardian foi forçado a conter-se apenas como um dueto. 

Formado com a habilidade insana de Gabriel, harmonizando guitarra e teclado simultaneamente, e o vasto conhecimento de ritmos complexos e velocidade inconfundível, o público desde então, já reconhecia que algo grande iria acontecer.
O Immortal Guardian, passou por várias mudanças em sua formação, até chegar no time formado hoje, e achar o grupo perfeito para completar o estilo complexo de composição de Gabriel e ritmos extremamente técnicos de Cody, com certeza não foi nada fácil. Mas ao decorrer dos anos, os elementos perfeitos para a formação do grupo, foram encontrados.

Primeiro, com a adição de Foster Minor no Baixo, que já obtinha uma formação anterior com Gabriel e com o manager da banda, Brett Rivera, em sua juventude, a banda chamada OMEGA, Minor trouxe para o grupo fortes estruturas musicas e um excelente conteúdo lírico, assim como linhas de baixo extremamente criativas e ainda, uma excelente contribuição vocal.

O guitarrista Jyro Alejo, veio a participar da banda quando se mudou de Los Angeles, California, para San Antonio, no Texas, quando estava em turnê com sua banda Force of Genocide. Depois de ter visto Jyro ao vivo com sua banda, Gabriel sabia que precisava obter a participação de Jyro no ImmortalGuardian, aí então foi quando essa parceria começou. Eventualmente Jyro ingressou o grupo Immortal Guardian e a banda ganhou um dos guitarristas mais rápidos e mais precisos dos Estados Unidos, e além de tudo, com uma excelente performance ao vivo.

E a última peça do quebra-cabeças, foi encontrar o poderoso vocalista, Carlos Zema, do Brasil, que foi inserido na cena Norte-Americana, através da banda Outworld, de Houston, Texas. Zema, como veterano na cena Heavy Metal mundial, através de seu trabalho com Heaven’s Guardian, Vougan, SoulSpell, Empires of Eden, Coldera, assim como Metal Mike (guitarrista e membro da banda Halford, Judas Priest, Testament, Sebastian Bach e outros), assim como através de seu projeto de tributo a Stevie Wonder, com os guitarristas Vernon Neilly e Bill Hudson. Carlos Zema foi contatado pelo empresário da banda ImmortalGuardian, que apresentou a ele os outros membros da banda, assim como os resultados do trabalho árduo, construído pelos mesmos. Ambos Immortal Guardian e Carlos Zema, quase que automaticamente, formaram um laço de amizade e união, bastante forte e Zema, dominantemente, foi inserido como novo membro do Guardião Imortal.

As intrigantes coincidências entre a banda e Carlos Zema, podem ser descritas apenas como mero destino. Todos se arrepiaram ao saber que a banda original de Carlos Zema no Brasil por 14 anos, se chamava Heaven’s Guardian e que o lançamento do primeiro álbum da banda  Immortal Guardian, intitulado Super Metal, foi exatamente no dia de seu aniversário. Certamente forças super poderosas foram parte da união de Zema e cada um dos participantes da banda Immortal Guardian. A magia do grupo estava nessa união, assim como a paixão e entusiasmo pelo som da banda, que foi usado como combustível para essa chama.

A banda rapidamente compôs 10 músicas no período de 3 meses juntos, e ao mesmo tempo Carlos Zema aprendeu todas as músicas antigas da banda, lançadas como seu álbum, Super Metal. Todas essas músicas, re-gravadas por Carlos Zema e serão relançadas em breve, como download grátis através  do website www.immortalguardian.net . 5 das 10 músicas novas foram gravadas para o lançamento de seu novo EP intitulado: Revolution part I, para o lançamento em meados de 2013.

O álbum Revolution part I, está sendo mixado nesse momento, pelo lendário guitarrista e produtor Roy Z (Judas Priest, Sepultura, Helloween, Bruce Dickinson, Rob Halford, Yngwie Malmsteen, Andre Matos, etc.) e materizado por Maor Applebaum (Halford, Yngwie Malmsteen, Angra, etc). Recentemente a banda tem side patrocinada pelas marcas Fender e Jackson, e estão noprocesso de serem oficialmente representados pelas marcas.

Immortal Guardian possui a experiência com turnês internacionais e inclusão no mercado mundial, através de Carlos Zema, já possuindo experiência realizando turnês internacionais através de seu trabalho com Heaven’s Guardian, Metal Mike, através também, das bandas, Outworld, Vougan e outras, assim como, Gabriel Guardian, já possuindo experiência realizando turnês norte-americanas como guitarrista da banda canadense, Blackguard. Ambos Zema e Guardian, estão ansiosos para colocar Immortal Guardian na estrada, o mais cedo possível. Immortal Guardian terá sua primeira turnê no Brasil no início de julho, como atrações principais de 4 festivais, nos Estados de Goiás e Tocantins, assim como algumas entrevistas em rádios e canais de televisão.

O futuro da banda é bastante promissor e o mundo, em breve, conhecerá o poder e a pura energia do Guardião Imortal.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

VIII GOIABA ROCK FESTIVAL


PROGRAMAÇÃO
VIII GOIABA ROCK FESTIVAL

Sexta - 07 dezembro 2012
21:30 - Vish Maria – projeto Brazuca em tempo de rock
20:30 - Expressão Urbana
10:00 - Mostra de filme

Sábado – 08 dezembro 2012
23:30 – Overfuzz
22:30 – Shakemakers
21:30 – Berseks
20:30 – Sunroad
19:30 – High To Fly

Domingo – 09 dezembro 2012
21:00 – Kamura
20:00 – Monster Bus
19:00 – Dyatryb
18:00 – The Stoned Hotel

Local: Centro de Cultura e Convenções de Inhumas.
Meia-entrada: R$ 5,00 + 1 kg alimento ou livro usado
Inteira: R$ 10,00

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Goiaba Rock Festival 2011

Programação – 29/12/2011.

14h às 17h - Oficina - Mesa de som.

Shows - Praça Belarmino Essado:

19h Sunroad - myspace.com/sunroadgroup
20h Dyatryb -
21h Jade -
22h Frango Índio Gigante - myspace.com/frangoindiogigante
23h Pseudamaz - www.palcomp3.com.br
www.myspace.com.br/pseudamaz

DYATRYB

JADE

FRANGO ÍNDIO GIGANTE
Renascido das velhas cinzas da rollin' chamas, o frango índio gigante é o mais novo ovo eclodido do rock and roll estressado deste nosso glorioso e orgulhoso leque musical brasileño. Este é o frando índio gigante, o último remanescente goiano desta cultura banida.

Integrantes:
Fall – vocalista/percusionista;
Alex mac'arthur – baixista;
Yans - guitarrista/2ª voz;
Zé Batera – baterista/2ª voz;

PSEUDAMAZ

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Cobertura do Goiaba Rock

Música independente na Terra da Goiaba

Por Victor Maciel | Goma | Uberlândia (MG)

Inhumas, interior de Goiás, fica a cinquenta quilômetros da capital Goiânia e sem dúvidas seria um lugar pouco convencional para o surgimento de um festival de música independente do porte do Goiaba Rock. Seria.

O mapa que tem se configurado como rota para a nova música brasileira passa por pontos inimagináveis até pouco tempo atrás. Este processo de descentralização tem voltado atenções para cidades como Cuiabá (MT), Rio Branco (AC), Goiânia (GO), Porto Velho (RO), Macapá (AP), entre outras capitais fora do principal eixo econômico do país, além de cidades de interior como São Carlos (SP), Londrina (PR) e Uberlândia (MG).

Em Goiás, este fenômeno não é diferente. Além da capital, já com uma cena forte com suas bandas e festivais, cidades como Anápolis, Piracanjuba, Pirenópolis e Inhumas, por exemplo, tem unido forças de modo a constituir, juntamente com Brasília (DF), o Fora do Eixo Goiás.

Fora do Eixo Goiás dá importantes passos no festival

Por Victor Maciel | Goma | Uberlândia (MG)

Criado em maio deste ano após encontros de produtores e agentes culturais do estado com Talles Lopes, do Goma (MG) e Pablo Capilé, do Espaço Cubo (MT), durante o Festival Bananada, o Fora do Eixo Goiás teve sua etapa inicial, a de formação de suas bases, encerrada no Goiaba Rock.

Reunidos em Inhumas, representantes de cerca de cinco cidades do estado definiram as novas metas da regional para 2010, quando se vislumbra uma expansão para nove ou dez cidades com seus coletivos organizados. Para Tião Donato, idealizador do Goiaba Rock, é tudo uma questão de planejamento para que a regional se fortaleça ainda mais. "Nosso festival foi a primeira iniciativa no interior do estado. No entanto, o crescimento do Fora do Eixo Goiás é uma responsabilidade de todos os agentes dispostos a movimentar o cenário goiano", analisa Donato.

A semana contou ainda com oficinas de formação tecnológica durante o Goiaba Digital, além da plantação de árvores às margens do Rio Meia Ponte, que abastece Inhumas, como parte do Goiaba Verde e até com concertos sacras em uma igreja, o que comoveu e chamou muito a atenção da cidade para o festival, que extrapola as fronteiras do rock e da própria música.


Surpresas no primeiro dia de shows

Por Hick Duarte | Goma | Uberlândia (MG)

O cast do Goiaba Rock, que contava com muitas bandas desconhecidas no cenário independente nacional, acabou rendendo algumas boas surpresas aos que prestigiaram o festival. Mais de 30 bandas estavam escaladas para se apresentar durante os dias 5 e 6 de novembro.

Os shows aconteceram em dois lugares distintos: à tarde, a Praça do Estudante abrigou o Palco Abrafin/Fora do Eixo; à noite, o rock rolou no Palco Nova Música/Novo Mundo, dentro do Ginásio de Esportes Firmo Luiz. A entrada era gratuita.

A banda Brown-Há foi um dos principais destaques do primeiro dia do festival. O enérgico e divertido indie rock dos brasilienses envolveu toda a Praça do Estudante num clima de muita festa e sinergia. Não foi à toa que o verso “Eu quero viver de rock ‘n’ roll” continuou sendo entoado por muitos até o final da noite.

Apesar da participação cada vez mais frequente em festivais, sobretudo nos filiados à Abrafin, o show de Gilbertos Come Bacon (DF) foi uma verdadeira surpresa aos goianos de Inhumas. A banda, como de costume, subiu ao palco disposta a tocar “um axé”, “um pagode”, “um emocore” e dispararam o seu hardcore direto, embalado a uma percussão enérgica e insana. O público aprovou e reagiu desencadeando um mosh atrás do outro.

Entre as diversas bandas locais que se apresentaram, o Hot and Hard Co. parece ter concentrado as atenções. O grupo de metal melódico foi a sensação conterrânea para os “camisas-pretas”, promovendo uma apresentação com direito ao clássico solo de bateria.

As goianas Zillios, Cine Capri e Versus AD também impressionaram.

O ponto de partida para um novo paradigma

Por Victor Maciel | Goma | Uberlândia (MG)

No início, o ano era 2003, muitos não dariam crédito a uma ideia desta – levar para o interior do estado de Goiás um modelo de festival similar aos já consagrados, na capital, Goiânia Noise, Bananada e Vaca Amarela.

Dois anos mais tarde, enquanto produtores de diversas regiões do país esboçavam aquilo que viria a ser o Circuito Fora do Eixo, estimulado por esta tendência de descentralização das rotas da música independente, Tião Donato amarrava parcerias com Monstro Discos e Fósforo Cultural, que realizam os principais festivais do estado em Goiânia, para finalmente organizar, em sua cidade natal, Inhumas, o primeiro festival de música independente do interior goiano, o Goiaba Rock.

Quatro anos depois, já na quinta edição do festival, nota-se uma cena local mais movimentada. “Inhumas tinha duas bandas praticamente inativas. Hoje, a cidade tem mais bandas que, inclusive, já começam a circular”, compara Donato.

Circulação possibilitada pela rede de contatos feita dentro do estado e que hoje configura o Fora do Eixo Goiás. Se o ditado diz que “o bom filho sempre à casa torna”, no caso de Inhumas, o filho voltou e deu o primeiro passo rumo a um processo de descentralização da cadeia produtiva da música independente no estado. Ideias pretensiosas, fora de eixo? Talvez. Sem lógica? Bem capaz que não.

A arte livre dá seu grito no interior goiano

Por Victor Maciel | Goma | Uberlândia (MG)

Assim como no sábado, a programação de shows do domingo trouxe mais surpresas vindas de Brasília, a exemplo de Brown-Há e Gilbertos Come Bacon, destaques do dia anterior. Cassino Supernova apresentou seu rock, claramente influenciado pelos precursores do gênero, com competência. Bem à vontade no palco, a banda não aparentava ser tão nova no cenário candango.

Mais nova revelação da cena cuiabana, Vitrolas Polifônicas, começa a chamar atenção no Circuito. Contemplada por dois festivais no Edital de Circulação do Fora do Eixo – Goiaba Rock e Varadouro (AC) -, a banda foge do óbvio ao misturar samba, blues e rock ‘n’ roll. E conseguem fazer isso com propriedade. Instrumentalidade convidativa a, no mínimo, uma batida de pés, letras sagazes e vocal feminino cativante.

Conjunto Roque Moreira (PI) foi um grande achado do festival. Roque – "com Q-U-E", enfatizado pelos integrantes durante o show – genuinamente nordestino e brasileiro que sai dos ritmos regionais, pega carona no reggae e chega a riffs pesados do rock sem se perder no caminho.

Nuda (PE), por sua vez, é um dos nomes mais promissores da cena independente nacional. Outra banda contemplada pelo Edital de Circulação do Fora do Eixo, ainda passarão pelos festivais Jambolada (MG) e DoSol (RN) deste ano. No Goiaba Rock, novas músicas que não constam no belo EP “Menos Cor, Mais Quem” ocuparam a maior parte do set list.

Encerrou a noite, O Teatro Mágico (SP), principal atração do festival, estreando em festivais do Circuito Fora do Eixo. Sem dúvidas, uma banda que promete muito diálogo com a rede. Após conseguirem grande projeção sem abrir mão da independência e da liberdade de acesso aos seus trabalhos, são um dos principais envolvidos com o movimento Música Para Baixar (MPB), que propõe uma reconfiguração das bases produtivas da cultura no país e a revisão das leis que regem o direito autoral diante das novas tecnologias.

No palco, O Teatro Mágico mantém o discurso contra a indústria cultural tanto nos intervalos das canções, quanto na própria estética do projeto que envolve, além da música, o teatro e as artes circenses. Com um show muito conceitual, com críticas declaradas às práticas do jabá e às próprias relações de trabalho dentro do sistema capitalista, a trupe encerrou o festival da melhor maneira possível. Arte independente e novos paradigmas econômicos e sociais defendidos a plenos pulmões em pleno interior goiano. Algo de novo acontece na cadeia produtiva da cultura no país e esta novidade, crendo ou não, já faz barulho em lugares pouco imagináveis até não muito tempo atrás.

Mais fotos do Goiaba Rock você encontrará no flickr do Goiaba:http://www.flickr.com/photos/goiabarock/ e também no flickr de alguns parceiros: http://www.flickr.com/photos/gomacultura/sets/

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Goiaba Verde



No dia 01 de Setembro houve mais uma grande ação do Goiaba Rock Festival, o Goiaba Verde, o principal objetivo foi plantar mudas de árvores nativas para auxiliar na mata ciliar e tirar materiais á beira do Rio Meia Ponte, rio que corta e abastece a cidade, e para que isto tivesse ocorrido contamos com a ajuda do Batalhão Verde Mirim um programa da Prefeitura Municipal de Inhumas que é coordenado pela RPS (Rede de Proteção Social).

Cada um dos que estavam presentes ajudaram a plantar uma árvore, deu-se preferência à árvores de Goiaba, pois é uma árvore bastante comum na região e também pelo nome do Festival, mas não deixou de se plantar outros tipos de árvores. O evento foi bastante gratificante.



terça-feira, 1 de setembro de 2009

Goiaba Digital

No dia 31 de Agosto iniciou-se as atividades da programação da semana do Goiaba Rock Festival, e a semana iniciou-se com um dos projetos do IGC, o Goiaba Digital. Neste dia tivemos uma palestra "Como Ganhar Dinheiro com Software Livre" com Júnio José e Kássio Borges, no IFG Instituto Federal de Goiás - Unidade Inhumas.

O público superou a expectativa para a primeira exposição da Comunidade Goiaba Digital, a sala em que a palestra foi realizada ficou cheia, tendo tanto alunos da instituição quanto pessoas de fora, e isso foi bom para eles, pois puderam aprender algo além ou reforçar sobre o que estão aprendendo.



sábado, 29 de agosto de 2009

Programação Goiaba Rock Festival - Shows (05 e 06 set)

Dia 05 set 2009 - Shows

15:00 às 19:00 h - Praça do Estudante


Palco Abrafin / Fora do Eixo

15:00 h - Raivosos (Hidrolândia) - www.myspace.com/raivosos

15:30 h - Dogma Zero (GO) - www.myspace.com/dogmazero

16:00 h - Camels in Alaska (GO) - www.myspace.com/camelsinalaska

16:30 h - Dissidente (MG) - www.myspace.com/bandadissidente

17:00 h - Big Noise (Inhumas)

17:30 h - Brown Ha (DF) - www.myspace.com/brownha

18:00 h - Gilberto Come Bacon (DF) - www.gilbertoscomebacon.com.br

18:30 h - Conduta Zero (Inhumas)

19:00 h - Oráculo (Rio Verde)


Ginásio Esportes Firmo Luiz - 19:00 às 02:00 h

19:00 às 20:00 h - Mostra de Filmes e Clipes

20:00 às 01:45 h - Ginásio Firmo Luiz


Palco Nova Música Novo Mundo

20:00 h - Zillios (GO) - www.myspace.com/zillios

20:45 h - Cine Capri (GO) - www.myspace.com/acinecapri

21:30 h - Versus AD (GO) - www.myspace.com/versusad

22:15 h - Macacos Gordos (Inhumas) - www.myspace.com/macacosgordos

23:00 h - MC Dyskreto (GO) - www.myspace.com/dyskreto

23:45 h - Superaudio (DF) - www.myspace.com/superaudiooficial

00:30 h - Hot and Hard Co (Inhumas) - www.myspace.com/cerimonialhard

01:15 h - Sentido Contrário (GO) - www.sentidocontrario.com.br


Nos intervalos:

Pocket Shows e DJ'S.

DJ Barata (DF) - Criolina


Dia 06 set 2009 - Shows


15:00 às 19:00 h - Praça do Estudante - Palco Abrafin / Fora do Eixo

15:00 h - Avalon (Goiás Velho)

15:30 h - Behind The Horror (Anapolis) - www.myspace.com/behindthehorror

16:00 h - Lady Lane (Anápolis) - www.myspace.com/ladylanne

16:30 h - Casa da Tia (Inhumas)

17:00 h - Evenin (Anápolis) - www.tramavirtual.com.br/evening

17:30 h - In vitro (Piracanjuba)

18:00 h - Kabiotó (GO) - www.myspace.com/kabioto

18:30 h - Sattva (Gyn)


Ginásio Esportes Firmo Luiz - 19:00 às 02:00 h

19:00 às 20:00 h - Mostra de Filmes e Clips

20:00 às 01:45 h - Shows - Palco Nova Música Novo Mundo

20:00 h - Cassino Supernova (DF) - www.myspace.com/cassinosupernova

20:45 h - Mata Leão (MG) - www.myspace.com/bandamataleao

21:30 h - Levy (CE)

22:15 h - Vitrolas Polifônicas (MT) - www.myspace.com/vitrolaspolifonicas

23:00 h - Sunroad (GO) - www.sunroad.com.br

23:45 h - Roque Moreira (PI) - www.myspace.com/conjuntoroquemoreira

00:30 h - Nuda (PE) - www.myspace.com/sitionuda

01:00 h - O Teatro Mágico (SP) - www.oteatromagico.mus.br


Nos intervalos:

Pocket Shows e DJ'S.

DJ Barata (DF) - Criolina